METODOLOGIAS DE ANÁLISE URBANA: DAS PRIMEIRAS CRÍTICAS DO URBANISMO MODERNO AOS DIAS ATUAIS

Autores

  • Luciane Tasca Professor Doutora, UFJF, Brasil
  • Mauro Santoro Campello Professor Mestre, UFJF, Brasil
  • Bernardo Lima Pinto Barcellos graduando, UFJF, Brasil
  • Annelise Mendonça Cesar graduanda, UFJF, Brasil
  • Patricia Nogueira Alves graduanda, UFJF, Brasil
  • Pedro Loures Avelar graduando, UFJF, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.18312/verncula.v1i3.2336

Palavras-chave:

Metodologia de análise urbana, Estudos urbanos, Arquitetura e urbanismo

Resumo

Com a finalidade de realizar uma revisão bibliográfica das metodologias de análise urbana, a partir das primeiras críticas ao urbanismo moderno até os dias atuais, objetiva-se refletir sobre questões urbanas, com foco nos autores que atuavam no campo do urbanismo e da arquitetura nos anos 60 e naqueles autores que retomaram as discussões sobre os estudos urbanos posteriormente. A intenção é revisitar os mestres que empolgaram as décadas de 60, 70 e 80 do século XX e os que buscaram, posteriormente, cobrir o abismo entre planejamento urbano, projeto de arquitetura e urbanismo e metodologias de análise da cidade. A temática apresenta grande relevância acadêmica, tendo em vista a dificuldade em encontrar materiais didáticos que deem suporte aos estudos sobre as transformações das cidades, entendendo-as, para propor mudanças sustentáveis. Espera-se contribuir para o estudo das cidades, com este material que fornece uma leitura, conforme elucida a arquiteta e crítica Marina Waisman que busca a interpretação das questões que envolvem a análise urbana no período selecionado, sistematizando-a em uma linha do tempo que sobrepõe categorias de análise e considera o contexto no qual estão inseridas. Tal trabalho fomenta discussões e reflexões sobre o urbanismo, que acarreta também no pensar a cidade em que vivemos atualmente, visto que, diferentemente da historiografia geral, que tem por objeto de estudo algo que deixou de existir no tempo, a historiografia da arquitetura e do urbanismo, tem por objeto algo existente no presente.

Downloads

Publicado

05.11.2023

Como Citar

Tasca , L., Campello, M. S., Barcellos, B. L. P., Cesar, A. M., Alves, P. N., & Avelar, P. L. (2023). METODOLOGIAS DE ANÁLISE URBANA: DAS PRIMEIRAS CRÍTICAS DO URBANISMO MODERNO AOS DIAS ATUAIS. VERNÁCULA - Territórios Contemporâneos, 1(3). https://doi.org/10.18312/verncula.v1i3.2336