ANÁLISE DE PADRÕES ALIMENTARES, ESTADO NUTRICIONAL HÁBITOS INTESTINAIS DEESTUDANTES DE NUTRIÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VÁRZEA GRANDE – MT

Autores

  • Eduarda Zaffari
  • Giulia Fontes de Almeida Silva
  • Isadora Abdala Borges Guimarães
  • Letícia Ventura
  • Kariny Cassia de Siqueira

Resumo

Os estudantes universitários podem ser considerados um grupo suscetível ao desenvolvimento de constipação intestinal funcional devido a diversos fatores. Nessa fase de suas vidas, eles enfrentam uma maior responsabilidade individual, além de lidar com desafios psicossociais e um ambiente universitário que pode contribuir para o problema. Entre esses fatores estão os hábitos alimentares inadequados visto que é comum a falta de refeições adequadas, devido à preferência por alimentos rápidos e desprovidos de nutrientes importantes, e a falta de atividade física. Levando em consideração o desequilíbrio causado por hábitos alimentares inadequados. O uso de alimentos com propriedades probióticas estão em ascensão como uma medida preventiva para doenças relacionadas ao trato gastrointestinal, uma vez que interagem positivamente com a flora intestinal, sendo uma oportunidade para aprimorar a qualidade da dieta. Objetivo: Avaliar os padrões alimentares, estado nutricional e hábitos intestinais de estudantes de nutrição do Centro Universitário de Várzea Grande, MT. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo do tipo transversal. A população foi composta por 40 indivíduos de ambos os sexos, alunos do segundo ao oitavo semestre do curso de nutrição do Centro Universitário de Várzea Grande. Foi feita aplicação de questionário elaborado com o instrumento. Questionário de Frequência Alimentar (QFA) de forma online pela plataforma Google Forms com perguntas referentes aos seguintes dados: freqüência semanal de consumo de frutas, verduras e legumes, cereais integrais, leites e derivados, leguminosas, ingestão hídrica, adicionado dados sobre idade, gênero, peso e estatura autorreferidos, a freqüência de atividade física, evacuação, alergias alimentares e intolerâncias alimentares. Resultados: Da amostra investigada 90% dos participantes relatam consumir fibras diariamente, sendo que 20% nunca ou raramente consomem alimentos ultraprocessados, por sua vez, 65% consomem laticínios todos os dias, 90% consome carne vermelha todos os dias, 50% consomem mais de 5 garrafas de água por dia. Conclusão: Os universitários apresentam hábitos alimentares saudáveis, com predomínio do consumo de fibras diariamente e de alimentos ultra processados esporadicamente, bem como prática de atividade física regular.

Palavras-Chave: Hábitos intestinais; Microbiota intestinal; Estudantes.

Downloads

Publicado

2024-03-04

Como Citar

Zaffari, E., Silva, G. F. de A., Guimarães, I. A. B., Ventura, L., & Siqueira, K. C. de. (2024). ANÁLISE DE PADRÕES ALIMENTARES, ESTADO NUTRICIONAL HÁBITOS INTESTINAIS DEESTUDANTES DE NUTRIÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VÁRZEA GRANDE – MT. Mostra De Trabalhos Do Curso De Nutrição Do Univag, 12. Recuperado de https://periodicos.univag.com.br/index.php/mostranutri/article/view/2415