PROJETO DE INTERVENÇÃO NOVEMBRO AZUL: A IMPORTÂNCIA DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL PARA SAÚDE DO HOMEM

Autores

  • Ana Liz Palombo Santiago
  • Manoela Garcia Borges
  • Maria Luiza Faria Volpato
  • Leonardo Vieira Futigami
  • Gabriel Barth Maggi
  • João Lucas Regis Borges
  • Arthur Schwarz Viana Fernandes
  • Jacqueliny Conceição Lima Santos Marinho

Resumo

Introdução: No contexto da atenção primária, a negligência do homem diante de sua própria saúde é evidenciada todos os dias na prática médica, seja por diagnósticos graves devido à tardia busca pelo serviço de saúde, ou pela análise concreta de dados da população total que comparece às Unidades Básicas de Saúde, sendo os homens adultos a menor parcela de comparecimento. Diante disso, campanhas de caráter nacional buscam a mudança desse cenário, através da educação em saúde focada para a comunidade masculina, como o Novembro Azul, mês de conscientização a respeito de doenças que atingem os homens, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. O diagnóstico prévio e, portanto, o seu manejo deve ser realizado na rotina da atenção primária da saúde (APS), para que influencie na redução da procura recorrente de serviços de média/alta complexidade por complicações/manifestações agudas, o que hoje revela uma desorganização e sobrecarrega o sistema. Descrição: Este trabalho tem como objetivo compreender a importância da mobilização social para saúde do homem, explicando o que é e qual a importância do Novembro Azul. Trata-se de um projeto de Intervenção, o qual foi elaborado com base em pesquisas sobre o tema “Novembro Azul” e “Câncer de Próstata”, em plataformas de artigos acadêmicos como Scielo e Pubmed, realizadas pelos discentes e executado através de uma palestra apresentada para os funcionários do Frigorífico Pantanal, localizado no município de Varzea Grande-MT, bem como a entrega de panfletos informativos para os ouvintes. A prevalência de câncer de próstata no Brasil, estimam-se 65.840 casos novos para cada ano do triênio 2020-2022, esse valor corresponde a um risco estimado de 62,95 casos novos a cada 100 mil homens. Tais prevalências elevadas, são associadas a suas complicações agudas e crônicas, gerando impactos negativos no Sistema Único de Saúde e na qualidade de vida dos pacientes. A Atenção Básica em Saúde (ABS) é responsável pelo atendimento primário aos pacientes, podendo interferir não apenas na cura e reabilitação, mas também em outros fatores determinantes e condicionantes da saúde, promovendo a integralidade do cuidado. A adesão ao tratamento consiste, na manutenção do tratamento com os medicamentos prescritos e quimioterapia, muitos portadores do câncer de próstata não seguem o plano terapêutico de maneira adequada e/ou são faltosos devido ao grande índice de efeitos colaterais. Palavras-chave: Atenção primária à saúde; Conscientização sobre doenças masculinas; Novembro Azul; Câncer de Próstata.

Downloads

Publicado

2022-11-29

Como Citar

Santiago, A. L. P., Borges, M. G., Volpato, M. L. F., Futigami, L. V., Maggi, G. B., Borges, J. L. R., … Marinho, J. C. L. S. (2022). PROJETO DE INTERVENÇÃO NOVEMBRO AZUL: A IMPORTÂNCIA DA MOBILIZAÇÃO SOCIAL PARA SAÚDE DO HOMEM. Anais Da Mostra Científica Do Programa De Interação Comunitária Do Curso De Medicina, 5. Recuperado de https://periodicos.univag.com.br/index.php/picmed/article/view/2141