RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE DO QUINTO SEMESTRE: SALAS HIBRIDAS COMO FERRAMENTA DE DIDÁTICO PEDAGÓGICA

Autores

  • Daniella Borges Dock
  • Danielly Alves Gobbi
  • Danieli Marques de Godoi
  • Mariana Nascimento
  • Silvania França da Silva Soares
  • José Eduardo de Aguilar Nascimento
  • Paulo Luiz Batista Nogueira

Resumo

O “Problem based learning”, PBL, é uma metodologia adotada por diversas faculdades, especialmente no campo da Medicina, dentro dos avanços metodológicos como o PBL, o desenvolvimento tecnológico também apresenta grande relevância na área da educação médica1.  Entre esses avanços destaca-se a utilização o ensino híbrido ou Blended Learning - Blend no inglês significa misturado ou combinado, ou seja, metodologia que une o que há de melhor entre o ensino presencial (PBL) e o ensino on-line (e-learning) - surge como solução dessa transição, pois, está “diretamente relacionada às novas propostas educacionais”.  Com o advento da pandemia da COVID-19, o modo híbrido de educação, veio com o objetivo de aumentar a eficiência do ensino no contexto de implicação da tecnologia dentro da educação, atualmente se fala em “novos paradigmas” em que a tecnologia iria agir não somente como uma facilitadora de métodos educacionais, mas como uma criadora desses, uma vez que essa tem a capacidade de medir o desempenho e inovar os métodos educacionais. A modalidade híbrida oferece ao professor ferramentas inovadoras para realização do seu trabalho, aliando atividades presenciais e online2.  O uso adequado dessa tecnologia tem como objetivo no processo de ensino e aprendizagem permite que esta, ocorra de forma colaborativa, que haja relação entre o que está sendo ensinado em sala de aula, o cotidiano do aluno e o foco no compartilhamento de experiências e construção de conhecimento. O ensino presencial e o digital se complementam é necessário que ambos estejam focados no mesmo objetivo que é a formação crítica, reflexiva e autônoma do aluno tornando-o protagonista de seu aprendizado.3           As aulas em formato de tutorias é uma proposta de suporte e apoio aos estudantes baseada no acompanhamento regular de um grupo de alunos com seu mentor/professor durante todos os anos da graduação. As situações-problema são desenvolvidas neste ambiente simulado e permitem exploração do conhecimento prévio dos estudantes, raciocínio clínico e epidemiológico, formulação de hipóteses, busca e análise crítica de informações, em rodas de conversa no formato PBL.4 Este trabalho tem como objetivo relatar a utilização desta nova tecnologia, em especial, a tecnologia hibrida nas tutorias com método PBL do quinto semestre do curso de medicina do Centro Universitário de Várzea Grande - UNIVAG

Palavras-chave: PBL; Tutorias; Método Híbrido.

Downloads

Publicado

2022-10-17

Como Citar

Dock, D. B., Gobbi, D. A., Godoi, D. M. de, Nascimento, M., Soares, S. F. da S., Nascimento, J. E. de A., & Nogueira, P. L. B. (2022). RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE DO QUINTO SEMESTRE: SALAS HIBRIDAS COMO FERRAMENTA DE DIDÁTICO PEDAGÓGICA. Anais Do Workshop De Boas Práticas Pedagógicas Do Curso De Medicina, 6. Recuperado de https://periodicos.univag.com.br/index.php/workshopbp/article/view/2053